Evento revela mercado da moda paranaense

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O ID Fashion 2017 revelou informações e produções do mercado da moda paranaense, tema da próxima edição do projeto Arte do Vestuário. Os números da indústria no Paraná  impressionam e justificam a posição privilegiada que o estado detém no segmento e o reconhecimento em relação ao design e qualidade das peças produzidas. Com um parque industrial que soma 4,8 mil produtores, 900 estabelecimentos atacadistas e 14 mil pontos de comercio varejista de vestuário e acessórios, o setor é o segundo maior empregador do estado, absorvendo 60 mil trabalhadores na indústria, 46,5 mil no varejo e 3,7 mil no atacado.

Com um faturamento liquido da ordem de R$ 3,8 bilhões/ano, a indústria de moda paranaense é reconhecida internacionalmente através de polos produtivos, onde se destacam os segmentos feminino e jeanswear, como Curitiba, Londrina, Maringá e Cianorte, além de outros com produção segmentada como Apucarana, com confecções de bonés, e Terra Roxa, especializada em moda bebê.

O estado ainda conta, como diferencial, com o Vale da Seda, localizado na região de Maringá, único produtor ocidental de bicho-da-seda e também o único das Américas a produzir seda comercializada junto a grandes marcas europeias.Com exportações que, nos primeiros seis meses de 2017 já somam US$ 3,7 milhões, a moda paranaense tem como principais mercados internacionais a América Latina, América do Norte e África.